South African aumenta frota para atender alta na demanda

A South African Airways anunciou planos para aumentar a capacidade graças a um recente aumento na demanda. A estratégia da companhia é a de aumentar suas operações após a falência da também sul-africana Comair.

Nos últimos meses, a SAA aumentou suas operações domésticas e regionais e planeja introduzir novas rotas de longo curso. Além disso, a empresa também afirmou estar em negociação com a British Airways para se tornar a operadora regional da empresa britânica, uma vez que esse acordo era mantido com a Comair. Mais detalhes da possível parceria não foram divulgados.

Leia também:

  1. South African Airways anuncia retorno das operações
  2. Companhia africana Astral Aviation irá operar com E-jets cargueiros
  3. Campo de batalha africano: Ethiopian Airlines vs Kenya Airways vs SAA

Após sofrer um duro golpe financeiro por conta da pandemia de covid-19, a frota da South African hoje é bastante enxuta. São sete aviões da Airbus, dos quais três A319, dois A320, um A330-300 (foto) e um A340-300. Outros três A320 serão adicionados ainda este ano. Já os A319 deixarão a frota no ano que vem. E busca um substituto para o A340 com capacidade semelhante.

“À medida que aumentamos o tamanho da frota para atender à demanda, olhamos cautelosos para reentrar em mercados que foram abandonados por causa da pandemia. Continuaremos a seguir essa trajetória cautelosa e ajustada de risco”, explica Tebogo Tsimane, diretor comercial da South African.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos conversar?
Precisando de ajuda?
Olá, podemos ajudar?